|

terça-feira, Outubro 14, 2008

Desculpem o silêncio.
Não é que não tenha nada para escrever, mas estou como a Manuela Ferreira Leite, só falo lá para fins de 2009.
|

sexta-feira, Junho 24, 2005

Popularidade de Sócrates em baixa

Segundo uma sondagem realizada esta semana, a popularidade de Sócrates está em baixa. As medidas de austeridade por si anunciadas levaram a que grande parte da população se virasse para o mais famoso duo de materialistas dialécticos Marx & Engels e, em franjas mais radicais da sociedade, para nihilistas como Friedrich Nietzche. Interrogado sobre se achava que este era o fim do seu estado de graça, Sócrates respondeu laconicamente: "Só sei que nada sei". Quem somos nós para dizer o contrário.
|

segunda-feira, Junho 20, 2005

Amargo de boca

Segundo um diário da Cidade Invicta, o açúcar português está em risco de extinção. Esta notícia não podia ter vindo em pior altura. Como se não bastasse na última década termos ficado sem petróleo, diamantes, urânio enriquecido, prostitutas portuguesas e fundos de apoio aos jovens agricultores que não têm um Range Rover, agora também vamos ficar sem açúcar para meter na bica e nas bolas de berlim. Desconfio que a fábrica de rebuçadinhos do Reinaldo Teles está por trás da tramóia.
|

quarta-feira, Junho 08, 2005

Os Monstros do Cabelo - parte I

Hoje vamos falar do monstro que habita o cabelo do Pat Metheny. Amigos inseparáveis desde os anos 70 (conheceram-se numa sessão de poesia beatnick em Palmela), o monstro cresceu à custa de uma dieta rigorosa de 3 latas de laca L`Oreal por dia e completa ausência de água.
Após ter concluído a licenciatura, numa atitude que Freud descreveria como "estúpida como o caralho", decidiu afastar-se do músico e arranjou um emprego na cabeça do Sousa Cintra como tradutor. Essa opção arriscada, claramente de um monstro do cabelo em início de carreira, revelou-se desastrosa.
De regresso à cabeça-mãe, o monstro teve que partilhar o cucuruto de Pat Metheny com uma família de refugiados suecos que entretanto se tinha instalado atrás da orelha direita do famoso guitarrista. Foi num serão em família, a ver a RTP Memória em casa dos Bergman, que viram no corpo de um músico portuense o adereço que haveria de se tornar a imagem de marca de Pat Metheny: a camisa de ganga sobre um pullover Jotex.
Esta mudança de guarda-roupa foi recebida com reticências pelo músico, que desde o seu terceiro disco era muito chegado a um colete de couro com franjinhas. Mas, consciente de que arranjar um novo monstro do cabelo que soubesse cozinhar e engomar seria difícil, acabou por aceitar a sugestão.
Uma decisão sensata que se revelou tão ou mais fundamental para a carreira de Pat Metheny quanto ter começado a usar as mãos para tocar guitarra.
|

sexta-feira, Junho 03, 2005

Onde está a Sociedade Protectora dos Animais quando é mais precisa?

Esta semana, o fadista Gonçalo da Câmara Pereira, célebre por ser irmão de um gajo também fadista que casou com a Bárbara Elias e de outro também fadista que convenceu o Santana Lopes a dar-lhe um lugar na Assembleia da República, tentou fugir da Quinta das Nulidades.
Após ter saltado o muro foi apanhado não por nazis mas pela equipa de produção da Endemol, que são gajos bem mais fodidos. Seguiram-se longas negociações que resultaram no regresso do fadista à infame Quinta com um programa em prime time na TVI, o lugar de analista político que antes pertencia a Marcelo Rebelo de Sousa e o posto de comentador oficial dos jogos da Superliga 2005/2006 no papo e uma galinha debaixo do braço.
Desconhece-se o papel do pobre galináceo nesta trama. Mas depois do que o João Chaves fez ao pintaínho teme-se o pior.
|

segunda-feira, Maio 30, 2005

BT conta sete mortos só em quatro dias.

Esta maravilhosa performance da Brigada de Trânsito da GNR suplantou o anterior recorde de oito mortos, dois feridos graves e 14 feridos ligeiros com pequenas escoriações e calos na mão direita contados ao longo de seis dias, que estava na posse de um batalhão da Guarda Fiscal desde 1999.
Como curiosidade, deve-se assinalar o facto de todos os mortos serem membros do Grupo Excursionista dos Juízes que Tentaram Meter na Cana os Gajos da BT que Andavam a Sacar Guito aos Condutores.
Coisas da vida.
|
A natureza no seu melhor.
Cão Vadio adoptado por Cão com Pulgas. E escreveram posts felizes para todo o sempre.
|

quinta-feira, Janeiro 27, 2005

Neste já alguém deu porrada...

Ontem à noite agressão a Bexiga, suspeita-se de... duas pedras de Rim, Freguesia do Concelho de Gondomar. Ora vejam!
|
Sujeito a Aprovação

A administração deste blog, desaparecida numa floresta nos últimos tempos, eremitando em busca de um discurso de governo digno e coerente com as necessiadades reais do país, esteve-se cagando para os leitores deste blog e ausentou-se. Entretanto, com os calos nos digitais utilizados para teclar quase a desaparecer,lembrou-se que os 4 leitores dos posts de merda que escrevia podiam ter saudades suas e decidiu voltar. A maior das responsabilidades por este come back vai directamente para o canito das fleas: "companheiro e amigo estás à pega com uma tribo de indígenas para quem eu cozinhava todas as sextas-feiras e que vão ter saudades minhas". É verdade que trouxe comigo o negro da sombra das sequóias gigantes que abraçam toda a minha floresta e que esta sombra se espalhou à coloração da cara do blog, fica à aprovação de vocemessêzes. Belos posts os teus durante esta ausência, trata-me bem que tou com a ferrugem. Boas novas para ti:

1- Consegui largar as brincadeiras com as barbies.

2- Já não cheiro o dedo depois de coçar os tintins.

3- Deixei de comer a sopeira do 6º direito e já quase não como ovelhas.

4- O Portas não quer ligações pré-eleitorais, prefere cú-ligações pós-eleitorais.

Más notícias:

1- Deixei as drogas... mas não sei onde.

2- Receio que o BE tenha leiloado ontem a versão original d'O CAPITAL e o bigode do outro.

3- Quatro meses de confusão e só agora se aprecebem que o homem não tem queda.

4- Neste reveillon às 4 da manhã mijei a porta do vizinho convencido que morava numa vivenda, peidei-me por causa do grão enquanto fazia festas à gata e entornei um copo de vinho tinto (mas do bom) em cima do meu filho de 10 meses. Não podia ter corrido melhor. Para o ano vou a um desses reveillons de rua onde ninguém se incomoda com o meu comportamento social. Efeitos da eremitagem, há que compreender.

5- Cortei a unha do mindinho. Sinto-me meio perdido sem saber como tirar a cera do orelhame, ou aliviar a carcomicha na virilha.

Portanto no que diz respeito ao título do post: - "sujeito à aprovação", tou lixado!


|

terça-feira, Janeiro 11, 2005

Presentes

1-Discos com sons de golfinhos, baleias, água a correr e ostras a mijar.

2-Colares de missangas para homem, feitos em pedra ou madeira mas que parecem pinhões.

3-Fitas para pôr ao pescoço, com chaves, telemóveis, óculos de sol e tudo o que o débil mental que a usa não for capaz de guardar nos bolsos como as pessoas normais.

4-Luzes de natal da lojas chinesas. O seu maior defeito é o preço demasiado convidativo. O espírito natalício dos moradores do novo Casal Ventoso é tão grande que há quem diga que se vê do Espaço. Parece o Circo Cardinali.

5-Brinquedos que funcionam a pilhas e que insistem em gritar, cantar e guinchar mesmo depois de os pisotearmos e lhes passarmos 3 ou 4 vezes com o carro por cima.

6-Presentes freaks. Coisas que cheiram a incenso, parecem-se com cristais, têm poderes curativos ou espirituais, podem ser boas para gente que não feche bem a mala com a Alexandra Solnado, mas não para mim.

7-Objectos de grande estima oferecidos em alturas impróprias como uma noite de consoada em família. O Naked Lunch de William Burroughs, Badalhocas em S. Martinho 2 ou uma colecção de mortalhas comemorativa do aniversário da morte do Bob Marley.

Se por acaso comprou e ofereceu algum destes objectos neste Natal, passe pelas nossas instalações para lhe darmos um tiro numa rótula.
|

quinta-feira, Janeiro 06, 2005

Amigos de Olivença com Santana

O enviado do Uivo a esta localidade espanhola escutou a população e registou a sua indignação:

-Nosostros aqui estamos hartos de ser espanholes!
-Si, ser rico es un problema! Es aborrecido!
-Nuetro amigo Santana nos hay prometido que se ganhar las elecciones, nosotros seremos portugueses. Además, el otro, el Durón es presidiente de la Europa y ha decho que nos vuelvia indipiendientes!
-Y también nuestro Hermano da Câmara Pereira, non, non es el cura...es el outro, el parvo.
-Nosostros queriemos ser pobrecitos como en la idad média. Contra los Mouros. Tunga!
-Si, tunga!
-Viva Olivença! Viva el PPM y el PSD! Olivença es Portugal!
-Si, Portugal!

E lá foram eles, saltando e rindo com o seu alaúde e pífaro.
|
Saudosismo Leninismo

Os BAN vão juntar-se de novo. Há quem diga que é para fazer música, mas também pode ser para fazer um banco, uma estação de serviço ou uma velha por esticão. Quem não pode voltar a tocar, coitadinhos, são o Variações, o Carlos Paião ou os Delfins, por razões óbvias. Enfim,
|
Um gajo não pode virar costas

Andavam para aí a dizer que o Cão com Pulgas não escrevia mais porque tinha fugido com o dinheiro da tesouraria do Uivo. É falso! Eu só peguei em alguns trocado da caixa registadora para comprar papel e lápis. A ucraniana que ia comigo no Mercedes é uma prima minha que se está a separar do marido e precisava de apoio. O Mercedes nem era meu.
|
Vou lançar daqui um repto.


Pronto, já lancei.
|
Está aí alguém?
|

sexta-feira, Dezembro 10, 2004

Comunicado

Por razões deontológicas, o Cão com Pulgas, vai dar por encerrada a sua participação neste Blog. Por causa disso e de uma "érne" que me anda a incomodar. O espólio será vendido em hasta pública.
Hasta!

|

terça-feira, Novembro 30, 2004

O PSD não tem medo de ir a votos e até já tem candidatos para formar governo, assim os portugueses queiram:

Morais Sarmento - Primeiro Ministro.

Alberto João Jardim - Ministro da Economia e Finanças

Zita Seabra - Ministra da Defesa

Nuno Fernandes Thomaz - Ministro da Juventude, da Família e da Educação.

Valentim Loureiro - Ministro do Desporto.

Rui Gomes da Silva - Ministro adjunto do ministro sombra.

Luis Filipe Menezes - Ministro do Mar do Norte.

Cinha Jardim - Ministra da Solidariedade e do Evento Social.

Luis Arnaud - Ministro dos Assuntos que Têm a Ver com Coisas.

Adelino Ferreira Torres - Ministro da Justiça.

Isaltino Morais - Ministro das Obras Públicas da Rotunda e da Palmeira.

Mariana Cascais - Ministra dos Assuntos com Assento na Assembleia Constituída.
|
Alexandre o Gay.

O grande filme deste Natal, não só foi um dos mais caros de sempre, como parece ser uma das maiores merdas de bilheteira.
O Oliver Stone devia estar mesmo pedrado quando escolheu a Angelina Jolie para o papel de mãe do herói. Uma decisão tão estúpida como pedir a actriz Odete Santos para fazer de Julieta. Não combina. Imaginem o Romeu a tentar beijar aquilo. Ou o Alexandre com quinze aninhos a virar-se para a boa da Jolie e pedir a mesada. No mínimo comia a mãe, levava-lhe o guito e as pratas e convidava os amigos a fazerem o mesmo. O que está certo e fica bem é uma boa a fazer de boa. E não tentem convencer os americanos do contrário.
Depois, há a escolha do Val Kilmer para fazer de pai do nosso Alexandre. O actor que fez de Jim Morrison é tão inadequado para o papel como o Jim Carrey, com a desvantagem de ter entrado no Top Gun.
Para borrar ainda mais a película, o realizador não omitiu que o Alexandrito atracava de popa. O mesmo que dizer, que aquele magano com tanta tesão belicista, no fundo, pelava-se por piroca. Estou certo que para os portugueses isto não seria, de todo, um impecilho à governação, mas para os americanos, é um ultraje.
Mas não é tudo. No fim, o herói morre com uma gripe. Não trespassado por uma espada ou num atentado terrorista mas com uma doença de galinha.
Para um americano médio, que nunca tinha ouvido falar de Alexandre o Grande, os heróis europeu são todos uma cambada de filhos bastardos de pãe e mãe, que gostam de andar à porrada com pilas em vez de espadas e têm fanicos à primeira corrente de ar. Obrigadinho ó Oliver!
|
O Super Cenoura.

Com poderes de super-herói mas a mente maléfica de um super-vilão, ele é que os topa.
No espaço de um mandato consegue manter-se à tona quando o seu Guterres dá à sola.
Dribla os arreganhos do Durão e aproveita a oportunidade causada pela ida deste vaidoso para a Europa, para dar o golpe.
De uma cajadada, usa os poderes presidênciais para não ser acusado de imparcialidade e entrega o ouro ao bandido, mas parte-lhe as pernas primeiro. Santana é como a mentira, tem a perna curta e agora, o Super Cenoura faz marcação cerrada. O vaidoso primeiro ministro tropeça no véu, como era de esperar e, em apenas dois anos, o Super-Cenoura prepara-se para entregar ao vaidoso do PS, uma maioria absoluta de bandeja.
A vaidade é um atributo comum a quem luta pelo poder em Portugal. Mas para ser-se Presidente da República, low profile e inteligência são essenciais.
|
O Governo caiu.
O meu pensamento, nesta hora de perda para o nosso país, vai para a Dona Cinha.
Ali sozinha, coitadinha, sem saber de nada...
|

segunda-feira, Novembro 08, 2004

Prato do dia:

  (V)
 (>'-')
o(")(")

à caçador
|
Pedimos desculpas por estas eleições, a guerra retoma dentro de momentos.

Está tudo sob controlo.
As tropas de assalto já tomaram alguns hospitais e outros focos de resistência. Ouvem-se tiros frescos e desde a reeleição de Bush já tombaram uns quantos homens.
Os obuses são os barítonos nesta nova sinfonia. As metralhas e os silvos de bala fazem o solo. A GNR não falta aos ensaios.
A música não é nova mas tem um novo andamento. Não é primavera por isso os passarinhos não cantam, mas os Iraquianos caem que nem tordos. E o governo fantoche canta em uníssono:

"Que linda Falujah que lá vem, lá vem
é uma Falujah que vem de Belém"
Canção popular do Ohio
|

sábado, Novembro 06, 2004

O Super-Homem morreu mas temos o Bush.



|
GPS

Para quem não sabe "O Uivo do Lobo" encontra-se na blogosfera exactamente entre "O Quarto do Pulha" e "O Último Urinol". É mais ou menos como uma mijinha a meio do corredor.
|

sexta-feira, Novembro 05, 2004

A cena dos bolsos

Podemos encontrar tanta coisa nos bolsos de trás de umas calças de ganga. Este admirável pedaço de tecido mal alinhavado, que tanto serve de agenda como de caixote do lixo.
Os bolsos da frente, esses sortudos, levam chaves de carros, de casas, levam moedas reluzentes e levam com os genitais, como se só os ricos tivessem direito à diversão. Os bolsos colocados para trás, ficam com os peidos, com as peidas, com as bufas e com o que os bufos dizem nas nossas costas. Com o passar do tempo, tornam-se mesquinhos e acumulam amarguras. Normalmente levam facturas, talões de Multibanco, o cartão do gajo do seguro e alguns fragmentos de papel que já viram máquina.

Já os bolsos da camisa, têm alguma exposição pública é certo, mas normalmente não têm muita coisa lá dentro. Não se dão bem com nada que escreva, é borrada garantida. É o chamado bolso Margarida Rebelo Pinto. Este bolsos, às vezes, são tão fúteis que até vêm cosidos.

Outros que também vêm cosidos, mas por razões de segurança, são os interiores dos casacos. São discretos, mas não são de confiança para levar a carteira porque deformam o casaco. De forma que levam uma caneta comprada a um cigano na feira do relógio, um maço de fumantes e a etiqueta da Maconde.

Os bolsos exteriores são um caso típico de má adaptação ao meio. Acabam esquecidos de tão disfuncionais. Repare-se que ficam à altura das mãos, e no entanto, um tipo parece um tolinho se leva as mãos nos bolsos. Também não se adequam a tarefas mais exigentes como dinheiros e chaves porque lhes falta profundidade. Deformam como se não tivessem personalidade, são uns tristes.

Há ainda os bolsos de natureza duvidosa que ficam por baixo da lapela. São joviais e apreciam festas e eventos engalanados. Tanto vão com um cravo a um comício do Pctp-mrpp, como levam uma rosa ou um lencinho para acenar ao mister. Nas fardas de alguns generais levam medalhas e uma plaquinha que parece o tetris. Diz a etiqueta que é de bom tom pôr lá qualquer coisa em ocasiões especiais. O Zé Castelo Branco põe um pipino para comer à noite no quarto.

Não nos devemos esquecer do bolso "camisa de vénus". O teenager dos bolsos que só tem espaço para um preservativo e uns trocos. Situa-se perto dos bolsos do dinheiro e do sexo e é muito problemático. É dificil pôr qualquer coisa lá dentro e ainda mais é de tirar.

É mesmo aqui que eu vou guardar a ganza.
|
Uivo do Lobo apresenta: Colecção Isto de...
(Dicas para introduzir um tema numa conversa, agora que o Marcelo não opina)


Isto das eleições americanas é um pouco como o restling. É um espectáculo onde ninguém conhece lá muito bem as regras, os combates estão combinados e no fim, ganha sempre o que tem o ar mais estúpido.

Isto da morte cerebral do Arafat tem muito que se lhe diga. Estes gajos são rijos, basta olhar para o papa e para o Fidel.
Todos sabemos que o perigo dos líderes árabes se tornarem vegetais é a geada islâmica.

Isto do derrame de nafta no Sado é bom porque os peixes já vêm temperados de azeite.

Isto das Brigadas Abu Hafs al-Masrire ameaçarem os estados unidos com um "inferno insuportável" vai ser fixe para o turismo. Normalmente os Infernos suportáveis são destinos mais para meninos ou para a malta do Inatel, de tão monótonos.

Isto da Cinha aparecer nos reality shows todos faz lembrar os livros da Anita.

Isto do governo prometer aumentar os salários faz-me perder uma gotinha. Se não parar de rir vou ter que começar a andar com umas Tena Lady vestidas.
|

quinta-feira, Outubro 28, 2004

Morais Sarmento.

Há uns desenhos animados odiosos que passam no Canal Panda que se chamam Wacky Racers. Nesses desenhos há um mauzão chamado Dick Dastarly que tenta a todo o custo boicotar uma corrida. Há também um cão com um riso estúpido que se chama Mutley. Um piloto chamado Peter Perfect e uma piloto chamada Penelope Pitstop. Também há um grupo de irmãos gangsters que se chamam Ant Brothers.
Pronto. Quem o Morais Sarmento me faz lembrar é o chefe desse gang.
|
Nobre Guedes diz ter a cabeça a prémio.
A probabilidade de isto ser verdade é igual a: "Cão com Pulgas tem o Ferrari à venda"
|
Toda a Verdade

Muito se tem especulado sobre o passado de José Castelo Branco. Uns dizem que é laricas, outros que é só meio-larilas. O Uivo não descansou enquanto não apurou a verdade e o que descobriu pode chocar-vos.
O Castelo Branco é na verdade um macho. Tudo isto é uma encenação!

Fomos falar com a sua empregada que foi mesmo mais longe na apreciação do patrão: É um bruto! Põe os pés em cima da mesa, arrota e já o apanhei algumas vezes a coçar os tomates por cima do pijama"
Quando lhe perguntámos pela vida mais íntima do actor, respondeu: -"Coitada da senhora! só esta semana já cá vieram duas vezes os rapazes do INEM. Nesta última, até a soro ficou de tão desidratada. Anda toda assadinha, aquele alarve não lhe dá descanso..."
Mais surpreendente foi a declaração do seu estecticista:-"O Senhor Castelo Branco é provavelmente o homem mais cabeludo que eu conheço. Na televisão não se vê porque estão cortados, mas só os cabelos do peito chegam a estragar às duas e três lâminas. Olhe, o pêlo que tiramos do corpo dele parece um casaco feito de Tony Ramos."
Começamos a compreender quem é na verdade o conde. Mas, e o relacionamento com os outros homens?
Orlando Pacheco, camionista, afirma ter conhecido o "merchand" noutras épocas:
-"Lembro-me tão bem dele, tinha um Scania de oito rodas. Encontrávamo-nos muito numa tasca que há na estrada para Limoges. Uma vez, recordo-me tão bem disto, até fomos às putas juntos"
"Aquilo da televisão é só para ganhar dinheiro, o gajo é cá dos nossos!"-Disse-nos Victor Antunes, proprietário do café Escondidinho da Buraca. -"Tem dias que ficamos aqui a ver a bola até às tantas. Às vezes jogamos às cartas, um dominózito...ele ainda me está a dever 2 éros da última rodada de traçadinhos." "Se o encontrar, diga-lhe que ele está muito bem, gostamos muito de o ver e que parta o focinho daquele paneleiro do Alexandre Frota."
Este é o verdadeiro José Castelo Branco.


|
Luis Delgado não está sozinho.

Conheci hoje um taxista que disse que "se fosse amaricano votava no Bush ou lá o que é".
|

quarta-feira, Outubro 27, 2004

Outros cargos giros que era fixe ter sem ser esta merda do Chefe de Governo que não dá sequer para comer gajas:

1-Presidente da República.

2-Comissário Europeu da Justiça.

3-Comentador no Jornal Nacional da TVI.

4-Presidente da Câmara do Marco de Canaveses.

5-O lugar do Presidente da Câmara do Marco de Canaveses mas na quinta das Celebridades.

6-Seleccionador Nacional

7-Júri dos Ídolos

|
Francamente, não sei o que pensar desta história toda do Rebelo de Sousa. Desde que ele acabou com os comentário de Domingo à noite que não tenho opiniões.
|
Os amigos de Barroso

Um amigo político é para as ocasiões. Nunca nos deixa ficar mal nem causa embaraço. Esforça-se por ser recatado, moderado e consensual. As suas opiniões estão longe de ser inoportunas, sendo por vezes até inócuas. Um bom amigo político não estorva. Prima pela discrição.
As opiniões do amigo que o Durão escolheu para a pasta da Justiça são tão discretas como um peido numa igreja.
|

terça-feira, Setembro 28, 2004

O Regabofe
Uma leitora que nos escrveu de Mangualde, pergunta-nos por que razão estamos sempre a usar a suspeita de homossexualidade do Ministro da Defesa para o atacar. Na sua opinião, estamos a usar o seu calcanhar de Aquiles de uma forma torpe.
Não poderia estar mais em desacordo consigo. Eu até acho que o ponto fraco do senhor é a política mesmo. Só não criticamos mais a actividade política dele para não cair na piada fácil.
|
Em termos de religião, sou ateu. Não consigo imaginar ninguém a observar-me quando me masturbo.
|

segunda-feira, Setembro 27, 2004

GRANDES DOGMAS POPULARES
O Uivo Editorial acaba de lançar o best-seller do próximo Natal. Trata-se de uma finíssima colecção de livros, com acabamentos exclusivos a ouro, que documentam os grandes segredos da fé.

Este ano, vai haver aumentos na Função Pública?
Este é um segredo antigo, depositado nas boas mãos do frei Félix da Ordem do Santo Ofício. Será revelado aos portugueses crentes depois de 2006.

De onde é que apareceu este andorinha?
Este segredo refere-se ao Secretário de Estado dos Assuntos do Mar, Dr. Nuno Fernandes Thomaz, com th e z. Será divulgado num retiro espiritual para débeis mentais a combinar.

O negócio da Galp é amigo do ambiente ou do alheio?
O padre Nobre Guedes está há pouco na paróquia mas já tem o seu segredito. Cada um tem a cruz que merece.

Então e o toureiro? O futebolista? O político proeminente que recentemente aviou dois submarinos negros e grossos?
Segredo de Justiça na posse da madre Cardona no âmbito do processo Casa Pia. Tenho cassetes sacadas da Net. Vendo.

Porque é que em todos os processos mediáticos há sempre um rabinho teu?
Segredo bem guardado pelo Paulinho, o ajudante do sacristão.

|
Se a Cardona cantasse!...
No país em que é possível o Zé Cabra fazer dinheiro com a música, a ex-ministra Celeste Cardona já passou para o Tivoli. Apresentou-se no casting com um estilo antiquado, pouco próprio de um ídolo. Um bocado azeiteira.
Chegou, disse que vinha de Leiria, que a política sempre foi o seu sonho e que era isto que queria fazer da vida.
-O juri riu-se.
Começou a sua actuação com uma fífia logo na primeira nota. No tema "Judite", entrou acelerada e fora do tom. À pressa, tentou substituir um director por outro mais bem ensaiado e desafinou. Um erro clamoroso.
Depois tentou uma onda mais "Moderna" e espalhou-se ao comprido. Aquilo arrastou-se, a voz começou a soar abafada e o juri pediu outra coisa.
No fado "Os putos", que dedicou à Casa Pia e à Nossa Senhora de Fátima, passou uma vergonha, pois ora sabia a letra, ora esquecia-se e fazia-se de parva.
Encarnou a loira e cantou "Não és homem para mim", dedicada ao seu amigo Adelino Salvado, o "Rei da Cassete Pirata", que Deus o guarde.
Tentou algo mais popular, tipo " Toca o Apito Dourado Maria ", mas como a melodia apontava para notas em que ela não queria tocar, optou pelo silêncio.
O Juri perguntou-lhe se tinha acabado. E antes que ela pudesse responder, já um dos constituintes afirmava absolutamente convencido.
-"Tu tens estilo".
- "Como não cantas uma merda, decidimos passar-te se prometeres que ficas calada"-Dizia outro
- "Vamos dar-te uma cadeira em cabedal, um cargo na Administração da CGD, uns milhares porreiros para comprares uma roupita, que bem precisas. Que tal?"
-"Só tens que imitar um daqueles manequins de alfaiate, estas a ver?"
-"Tu tens talento".

É ESTA MERDA QUE EU NÃO GOSTO NOS CONCURSOS!
|

segunda-feira, Setembro 13, 2004

O barco do coiso

Desculpem lá parecer chauvinista, mas nem por sombras acredito que meia dúzia de louras de um metro e noventa num barco do tamanho de uma traineira sejam uma ameaça ao país. Talvez sejam para o Ministro da Defesa, esse invejoso.
|

terça-feira, Agosto 17, 2004

Violaram o segredo de justiça com cassetes? Então com um vibrador não era mais fácil?
|

quinta-feira, Julho 29, 2004

Crash

Ele há taras que nem eu consigo explicar.
No filme de 1996, James Spader faz sexo com uma jovem que acabara de se espetar contra um eucalipto. É certo que num acidente de automóvel, as pessoas têm a tendência para ficarem todas fodidas, mas nunca pensei que levar a coisa à letra excitasse alguém.
A curiosidade levou-me a procurar um amigo meu que é tarado. Columbófilo assumido, este meu comparsa, falou-me de alguns fetiches como a a necrofilia, a coprofagia e o bestialismo. A conversa foi interessante e esclarecedora. Descobri que sou um Copofrágico-necrofilíaco com tendências bestialistas ao estilo Crash, ou seja: Gosto de comer cocó de animais mortos sodomizados à beira das auto-estradas. Acham nojento? O meu psiquiatra vai-me chamar um figo.
|

quarta-feira, Julho 28, 2004

Chanquete, Tito, Bea, Javi, Pancho, Piraña, Quique, Desi e Julia. Onde estão vocês?

Lembram-se?
As tardes passadas a ver o Verão Azul. Os audazes petizes que em aventuras iam, como um bando de pardais à solta. A felicidade estampada no rosto das crianças. As solarengas paisagens do sul de Espanha, trazidas pela boa amiga TVE. As recordações, as alegrias da nossa infância. O Agora Escolha, a Serenella Andrade...
Pois bem.
O Javi é prostituto em Marbella. Faz velhas sem dentes, muda-lhes a argálea e o frasco de soro.
O Pancho rouba por esticão em Alicante. Faz essencialmente portugueses.
A Bea trabalha numa fábrica de calçado em Badajoz. Faz sapatos. Bicos.
O Tito vende pó no bairro da Chueca em Madrid. Faz aquela zona toda, se a chibaria não aparecer.
A Desi casou com um industrial de cortumes, teve 9 filhos e faz o Pancho sempre que vai a Marbella.
O Quique é o proxeneta da Julia. Fazem uma dupla imparável. Ela anda sempre toda negra.
O Piranha mudou de sexo. Agora chama-se Claudia e actua num circo.
O Chanquete. Foi preso aos 98 anos por levar um grupo de crianças inglesas para o barco. Entretanto, faz tijolo.

Agora já podem ir de férias.

|

terça-feira, Julho 27, 2004

A EDP não se responsabiliza pelo incêndio no Algarve.

Segundo uma porta-voz da empresa, o incêndio não terá tido o seu início num transformador em curto-circuito como se alvitrou, mas sim num objecto "arremessado pelo vento" que terá deitado abaixo um cabo de alta-tensão.
O Uivo esteve lá, falou com as pessoas e pode confirmar tudo. O objecto arremessado pelo vento é um lava-louça em aço inox.
|
Classificados

VENDO. Submarino bom estado, todos os extras, pintura nova, poucos kilómetros. Possível troca por avião de combate a incêndios. Trata Sr. Paulo (hora de expediente)

|
O Verão

No Verão, os dias ficam maiores.
No Verão, não cai pinga de água e as flores do jardim lerpam.
No Verão, a malta crava a piscina do magnata da aldeia.
No Verão arde um terreno que o avô tem em Santa Comba.
No Verão as raparigas exibem as axilas, os decotes e o umbigo.
No Verão, as ovelhas passam um camarço com aquela lã toda.
No Verão, a tia asmática tem um fanico.
No Verão, as festas populares acabam em arraiais de porrada.
No Verão, a carneirada vai para a praia molhar o pézinho.
No Verão, bebe-se cerveja, arrota-se e mija-se muito.
No Verão, os brasileiros ficam contentes e os ucranianos não.
No Verão, os testículos parece que têm velcro.
Eu não gosto do Verão.
|
O país está a arder
Ao que parece, o fogo terá começado nas orelhas do Santana.
|

quinta-feira, Julho 22, 2004

Big Estádio

A Endemol, empresa do ex-namorado da ex-Secretária de Estado da Defesa, está a estudar a possibilidade de fazer um reality show num estádio de futebol.
A ideia surgiu logo após o anúncio do Novo Big Farm, passado numa quinta. Alguém com muito bom senso, sugeriu que batatada por batatada, mais valia fazê-la num estádio. Desta forma rentabilizava-se o espaço, que de outra forma, ficaria à mercê das urtigas e dos silveirais.
Assim, a produtora decidiu filmar, não um, mas 3 programas-piloto que foram um sucesso. O último foi ontem no jogo Marselha-Benfica.
Depois do palerma que entrou na final do Euro, muitos outros anónimos tiveram a ideia de aparecer na televisão da forma mais imbecil possível. Um sucesso de audiências.
O Big Estádio vai ser filmado no Estádio da Luz, claro, tendo a direcção do clube já comunicado a suspensão da campanha publicitária que promove a aquisição de lugares sentados.

-"Não fazia sentido estarmos a dizer que íamos ter as bancadas cheias se afinal estes borregos querem é vir para o meio do campo mandar pontapés na boca uns dos outros. Hum?"
|

terça-feira, Julho 20, 2004

E se um dia, a jogar Pictionary, tiverem que desenhar um pedófilo?

Hipótese a-Desenham uma cara conhecida da televisão com um sorriso largo e um penteado à matraquilho.
Hipótese b-Desenham uma cara de puto com óculos, meio badocha, com problemas hormonais e maminhas.
Hipótese c- Desenham um anão de 90 anos, com o cabelo pintado e óculos fundo de garrafa a sair de um Punto.
Hipótese d-Desenham um Kispo vermelho com um gajo e um telemóvel lá dentro.
Hipótese e- Não desenham nada, porque a pedófilia é como o Michael Jackson, não tem cara.
|

quarta-feira, Julho 14, 2004

Está aberta oficialmente a Silly Season.

Enquanto a nova grelha de programas não vem.
Enquanto os novos reforços do clube não chegam.
Enquanto o novo governo não aparece, resta-nos chutar pedras, assobiar para o ar, coçar o genital e olhar para os pombos a fazerem os seus ninhos na bandeira que espetámos na marquise. Isto para quem não gosta de praia, porque os que gostam, estão à espera de chegar a casa, tirar a areia dos pés, ligar a TV e ver o novo programa da Sónia Araújo, do Goucha ou do Herman. Estão à espera de ver anunciar jogadores de renome, dispostos a matar pelo seu clube e, porque não, um governo fresquinho e competente para dar a volta a esta merda. - "Fazem falta aqui alguns Dinamarqueses ou Suiços para animar isto", dizem os mais saudosos.
Pois bem:

O progama da Sónia Araújo estreia em Agosto. É um programa sentimental e vai-se chamar Eu Fui Bimba.
O Goucha vai apresentar o Big Brother 32. Pelo que pudémos apurar, já está apalavrado o casamento entre o concorrente número 3 e o 17. Apesar de ainda não terem feito o casting.
O Herman, vai realizar o seu número circense num concurso onde entram mulheres nuas, homens de raça negra, um alemão bêbado, dois campinos e um bando de javalis da Tapada de Mafra. O nome é segredo mas tem a ver com Herman qualquer coisa...

O Sporting vai contratar o Nelsdon, o Jairsson, Vendílsson e o Josénilson.
O Benfica vai contratar o Chiquinho, o Huguinho, o Zézinho, o Luisinho e aquele rapaz muito jeitoso...o Pelé.
O Porto, como tem muito dinheiro, vai contratar o Quaresma, o Hugo Viana, o Figo e, só para chatear, também o Oceano.

Agora isso do governo é que é mais difícil.

Para mim, que não gosto de praia, não há nada de novo na Silly Season.
|

terça-feira, Julho 13, 2004

Órgias em S. Bento

Ermelinda Canhoto, 64 anos, moradora na Rua de S.Bento, acedeu ao nosso pedido e decidiu contar o que sabe sobre a vizinhança.
Pediu-nos para ocultar a sua identidade, por isso, resolvemos distorcer-lhe a voz.

-"Olhe, era um corrupio de gente! Ele era doutores, engenheiros, gente importante, com grandes carros a entrar e a sair, a entrar e a sair... Nós pensamos que é só o Santana Lopes, mas há mais...há muito homem implicado nisto! E cá para mim, aquilo devia ser em grupos, que eles quando saíam, vinham com a gravata toda torta, a rir e aos abraços. Às vezes, cá de fora, ouviam-se os gritos! Homens aos berros e a bater palmas. Devia ser cá um forrobodó! O Santana Lopes era apenas mais um que aparecia aí. Às vezes nem o via chegar, devia vir muito cedo ou então dormia por perto."

Do nosso enviado do Sunday Times em Londres.
|
O Defeso

Depois de um campeonato ganho na secretaria, as equipas preparam-se, como podem, para a próxima época. Por esta altura, são escolhidos os reforços para os plantéis. Os jogadores, as posições que ocuparão, a estratégia e os prémios de jogo.
Os Laranjas definiram como primeiro objectivo do seu estágio de pré-temporada, as localizações. "A Chincha", Jornal desportivo do Grupo Uivo do Lobo, informou-nos, em primeira mão, que a equipa vai-se articular de trás para a frente. Há um jogador que faz todo o flanco da Economia, que vai estar no Porto. O Turismo vai estar posicionado bem perto da zona de rigor de Faro, caindo em fora-de-jogo e a agricultura vai desmarcar-se para Portalegre.
Esta táctica, porém, deixa alguns espaços abertos entre o ataque e a defesa, que poderão ser aproveitados pelos Rosas. Esta equipa também se tem vindo a re-organizar, num sistema de homem-a-homem, fechado, avançando aqui e ali, tanto pelo centro como pelas alas.
Os Amarelo-azuis lutam pela manutenção. Não dispensam nenhum jogador e vão evitar, a todo o custo, fazer substituições durante o jogo. Em campo, vão tentar não atrapalhar muito.
Os Rubro-negros vão insultar o árbitro e os Encarnados jogam com a mesma equipa do ano passado.

Esperto é o Madaíl que até já ganhou uma medalha.
|

quarta-feira, Julho 07, 2004

Anedota

Era uma vez, um francês, um italiano, um alemão, um irlandês e um inglês.
E diz o francês: Quem é que vocês acham que podia ser o próximo Presidente da Comissão Europeia?
E diz logo o italiano: -A Cicciolina!
Não, o Macaco Adriano! -Respondeu o alemão.
O David Hasselhoff! -Gritou o irlandês.
Mau... -Diz o inglês todo danado. -Com essas palermices, daqui a nada estão a sugerir o nome do Durão Barroso...
Riram-se todos pelas pernas abaixo: Ah! ah! ah!

E foi assim.
|
Ele anda aí...

Quis o destino, que este homem viesse a ser um dia, presidente do meu clube. Não vi campeonatos, não vi competições europeias, não vi taças. Grande merda!

Mais tarde, ditou a desdita que viesse a ser Presidente da Câmara da cidade onde nasci. Foi então que comecei a ver. Vi, pela primeira vez, dois fogos de artífio numa noite, (tirando daquela vez na Eurodisney). Vi o Cantona no Mundialito, vi a Cinha, vi os Delfins a correr com as pessoas das esplanadas e... visto bem, não vi mais nada.

Porque o fado tem destas coisas e a vida prega-nos partidas, assisti ao seu salto para a presidência da câmara da cidade onde vivo. Vi que fez apenas um buraco, (o que me parece pouco para alguém com o seu gabarito). Mas um grande buraco por sinal, tapado com outdoors que custam os olhos da cara.

Vi-o na televisão. A comentar política, futebol, artes marciais, ponto-cruz, as mamas da Marisa Cruz e a migração dos gansos da Gronelândia. Vi-o uma vez na rua mas fingi que não o vi. Fiquei farto.

Agora que pensava que ia, finalmante, deixar de o ver nos camarotes vips, nos jantares e nas homenagens, vejo-o como provável primeiro-ministro do meu país.

Eu seja ceguinho se Santana Lopes não me anda a perseguir...
|
Jorge Sampaio chorou, é verdade, outra vez...
Ou muito me engano, ou o nosso presidente anda um bocado chocho. Deve ser qualquer coisa que comeu e ainda não foi para baixo. Qualquer coisa assim para o Durão.
|
Não é só no futebol que os gregos estão mal cotados e são acusados de terem pouca técnica.

Em Bragança, no Malaguetas Bar, por exemplo. O exímio serviço de língua da Soraya, astróloga vidente e massagista brasileira, custa perto de 40€, 8 contos em moeda antiga. Já o profissionalismo de Svletana, artista circense da República Checa, fica-se pelos 30...25€ se estiver bem disposta.
A competência da Irina, campeã russa no karaté do amor, chega aos 20€ mas pode baixar se o cliente for dos despachados.
A grega, além de agora andar sempre bebâda por causa da merda da seleção dela, não tem clientes nem para um beijinho.
É o que faz ter a língua-morta!
|

sexta-feira, Junho 25, 2004

Laranjas ou amarelo-azuis?
Ora aqui um belo dilema a que já estamos habituados. Venha o diabo e escolha.
|
Diz que o Wayne Rooney ainda não sabe apertar os sapatos, é verdade?
|
O Cristiano Ronaldo disse que o jogo foi extraordinariamente espectacular.
Eu também achei.
|

quinta-feira, Junho 24, 2004

Fé na bosta

Neste campeonato de futebol há muita gente com fé.
Há os que acreditam piamente, como os políticos e as pessoas politicamente correctas em geral.
Há os ateus, que estão se cagando para a bola e preferem livros com muitas letras.
E há os prognósticos, que são aqueles que não sabem se acreditam ou não, mas sabem sempre como é que isto vai acabar.
Eu, prefiro esperar pelo fim do jogo. Querem saber alguma coisa perguntem ao Rebelo de Sousa.
|
Queremos sangue

Muitos meses de investigações, depoimentos, escutas telefónicas e interrogatórios depois e só uma conclusão parece óbvia no escândalo da Casa Pia: Deitou muito menos sangue do que esperávamos.